ETPC Notícias Alunos da ETPC conhecem experimentos de física na UFF de Volta Redonda

Alunos da ETPC conhecem experimentos de física na UFF de Volta Redonda

Os alunos do 1º ano de Administração e Eletromecânica da Escola Pandiá Calógeras – ETPC visitaram o campus da Universidade Federal Fluminense – UFF na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, nos dias 25 e 30 de abril, acompanhados pelo professor e coordenador dos cursos, Joaquim Lopes.  

Eles foram apresentados a experimentos de física por alunos contribuintes do Promove, curso de extensão criado há quatro anos com o intuito do proporcionar a ciência por meio da engenharia para alunos dos ensinos fundamental e médio. Orientado pelo professor, mas realizado totalmente pelos alunos, prioriza o conhecimento científico e suas aplicações tecnológicas, levando em conta que muitas escolas não dispõem de equipamentos para mostrar um pouco da ciência na prática. Entre os experimentos, havia projetos de Comunicação a Laser e Ondas Mecânicas em Cordas.

 A ideia é mudar um pouco o estilo de vocabulário, aproximando a linguagem de um jovem universitário com a de um estudante de fundamental e médio, tanto de escolas públicas e particulares, abrangendo também alunos de cursos técnicos, educação de jovens e adultos (EJA).

“Vejo esse projeto como um ‘espelho’. O estudante de ensino fundamental e do médio vê no estudante de graduação o seu futuro. Então nesse serviço de divulgar a ciência, nós contamos com colaboradores, os alunos de graduação, distribuídos entre os cinco cursos”, destaca o professor de Física da UFF, Dílson Caetano, que também é coordenador e criador do Promove. Ele acompanhou os alunos por um tour pelos principais espaços do campus e relembrou momentos marcantes vivenciados no local. Também citou a parceria da universidade com a ETPC, firmada desde 2001.

A trainee de Marketing na UFF e colaboradora do Promove, Larissa Cerqueira, conheceu o projeto através de amigas que já participaram. “Esse ano me atentei para o processo seletivo. Decidi entrar porque dei aula de física e matemática há muito tempo, e adoro transmitir conhecimento, ver a cara de espanto de quem está aprendendo”, conta.

Para Marcelle Cristina, aluna do 1º ano em Administração, a experiência foi incrível. “Conhecemos várias coisas sobre ondas e vibrações fazendo dinâmicas. Espero retornar aqui e conhecer mais sobre a universidade e que eu possa estudar aqui no futuro”, diz.